Seja um rio *Pílula #41*

Você já observou quantas curvas tem um rio? Tenha em mente um rio natural, no seu leito, sem a intervenção do homem, caso não tenha tido contato com um, observe pelo google!

Um rio, no seu leito normal tem infinitas curvas, é difícil verificar um trecho de reta!

Você sabe por que?

Cada vez que o rio encontra um obstáculo, a agua fica represada por um tempo e depois pode acontecer apenas duas coisas:

1 – Se for um obstáculo que a agua tenha força suficiente para romper, ela vai fazer valer aquele velho ditado: “agua mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, vai furar o obstáculo dando por vencido e continuará seguindo seu caminho.

2 – Se for um obstáculo intransponível, a agua sabiamente vai contornando o obstáculo, deixando-o para atrás mais uma vez dando por vencido, seguindo seu caminho!

Sua vida é o rio e você é a agua, na sua vida, todos os dias aparecem obstáculos, uns pequenos que você pode agir como a agua do rio, furá-lo, vencê-lo e continuar sua vida até que apareça outro e você faça o mesmo, quantas vezes forem necessárias.

Outras vezes aparecem obstáculos intransponíveis, aqueles que não acreditamos nas nossas forças para vencê-lo, mas normalmente não agimos como as aguas do rio, ficamos diante do obstáculo dando verdadeiras cabeçadas na esperança de vencê-lo, nos desgastamos e ao invés de vencermos o obstáculo, ele é que nos vence, nos adoece e passamos a nos sentir fracassados.

Temos que aprender com a sabedoria das aguas, não precisamos nos agarrar aos obstáculos e nos apegarmos a eles, desvie, deixe-os para atrás, siga o fluxo da sua vida, permita-se continuar até o momento que encontrará o oceano, e lá verá que todo esforço, toda dedicação valeu a pena!!!

Tenha um lindo dia!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *